segunda-feira, 15 de novembro de 2010

7 PECADOS CAPITAIS: A SOBERBA

Soberba é o sentimento negativo caracterizado pela pretensão de superioridade sobre as demais pessoas, levando a manifestações ostensivas de arrogância. Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Soberba

Vou dizer logo de cara que não acredito em pecado, essa é mais uma ferramenta para controlar e manipular pessoas, através da culpa e de regras morais. Como na definição acima, a soberba sempre é vista como algo negativo, por isso, optei por mostrar o lado positivo de uma pessoa soberba.

A Soberba também tem a ver com auto-suficiência, busca de melhorias, ir além, evoluir. A questão é como cada um lida com essa auto-suficiência, alguns podem tornar-se arrogantes, autoritários, narcisistas, outros podem ampliar sua visão de mundo, ter mais consciência de seus valores internos. Esse caminho é individual e tortuoso em nossa sociedade, que vincula o poder econômico e a posse de bens a uma pessoa ser bem sucedida. O que importa é o TER e não o SER.

Segundo estudos recentes, a soberba pode ser classificada de duas maneiras:
- Soberba Autêntica ligada ao orgulho no sentido de buscarmos algo, sentimentos positivos, produtividade, confiança e realizações.
- Soberba Hubris ligada ao egocentrismo dentro da idéia do pecado capital, sentimentos de arrogância e presunção.
Se pensarmos dessa forma, chegaremos à conclusão que a Soberba Autêntica é uma necessidade nos dias de hoje, dentro da organização social em que vivemos.

Concluindo, creio que independente da forma como se defina a soberba,  pecado ou não,  é que ela e os outros 6 “pecados” parecem sentimentos inerentes ao ser humano, não algo que venha de fora e incorporamos. Todos esses sentimentos nos pertencem, se há a necessidade de criar ferramentas para reprimir nossos desejos mais primitivos, isso daria outro post.

Abaixo disponibilizo um link para o vídeo da HistoryChannel, que explica e define a soberba do ponto de vista histórico e religioso, vale a pena conferir.

Alexandre Malosti

4 comentários:

KARINA disse...

Gostei da percepção de que a soberba também tem um lado positivo. A grande dica é não deixar que as próprias convicções nos impeçam de ver novas ideias, novas formas de fazer as coisas, novas possibilidades!

Alexandre Malosti disse...

Oi Karina, tudo bem... primeiro obrigado pelo comentário... muito inteligente por sinal. É isso ai, estarmos abertos para o novo, nos despirmos do velho, não descartando, mas tirando dele o que foi bom, e partir para o novo... só assim crescemos e descobrimos novas sensações, novas percepções.... Você tambe´m tem blog.. entra como seguidora e colocamos o seu link em nosso blog... Grande abraço. E obrigado. Alexandre

KARINA disse...

Oi Alexandre... eu ainda não tenho um blog, mas depois que vi o de vocês fiquei com muita vontade de criar um (só não sei se ficará tão legal!!). Inspirada no seu texto, escrevi um texto sobre Fé...

Lucimara Fernandes disse...

Oi Kaká,
Que legal!
Tenho certeza que ficará muito legal! E pode contar com a gente para te ajudar!

Ale,
Legal saber que estamos inspirando a criação de novos blogs!

Bjs