domingo, 18 de setembro de 2011

MEMÓRIAS


Passado dissolvido
Sentido perdido
Vivido, porém esquecido
Nada de datas, apenas vazios
Lacunas cheias de vida
Lapsos de dores, lapsos de amores
Insights, lembranças, memórias
Repousam esperando por estímulos
Perfumes, sabores, imagens
Músicas, filmes, livros
Trazem o passado de volta
Memórias tem cheiros, temperos
Memórias tem pessoas, lugares
Memórias sucumbidas por memórias
Vida acelerada
Informações, imagens instantâneas
Memória sobrecarregada
Filtrando minhas histórias
Escondem minhas lembranças
Que aguardam por estímulos
Memórias tem paladar
Memórias tem sensações
Memórias sucumbidas por memórias
Lembranças esquecidas
Pedaços da minha vida

Alexandre Malosti

2 comentários:

Jacqueline Mattos disse...

Simplesmente você, esse poema...um homem que esta se deixando viver de sentimentos que sempre acreditei...MARAVILHOSOOOO...beijo.

Alexandre Malosti disse...

obrigado Jacqueline..... acho que estava tudo acumulado.... e chegou a hora de extravasar . kkkkkkk beijos e obrigado pelo comentário...